Brasiliense por escolha pelo vôlei de praia, Felipe Alves chega embalado para quarta etapa do Circuito Brasileiro

Publicado em: 26 DE ABRIL

Brasiliense por escolha pelo vôlei de praia, Felipe Alves chega embalado para quarta etapa do Circuito Brasileiro
Felipe Alves conquistou sua primeira medalha em Itapema (Créditos: Fabio Silva/Inovafoto/CBV)


No início de 2017, Felipe Alves fez uma viagem que mudou sua vida. Aos 18 anos, pouco depois de ir de férias para Brasília (DF) com seu irmão, ele decidiu trocar Itabuna (BA) pelo Distrito Federal para se tornar atleta profissional de vôlei de praia. Cinco anos depois, ele começa a colher os frutos da escolha. Em Itapema (SC), o baiano conquistou sua primeira medalha no Circuito Brasileiro, e agora terá a oportunidade de jogar ao lado dos amigos que fez em sua segunda casa. Brasília recebe a quarta etapa do Circuito Brasileiro 2022 a partir desta quarta-feira, e Felipe, junto com seu parceiro Felipe Cavazin, é cabeça de chave número 1 do Aberto, que será disputado na arena montada no Parque da Cidade.

A história de Felipe Alves com o vôlei de praia tem dois grandes responsáveis. Em primeiro lugar, seu irmão Rafhael. Foi por causa dele que Felipe começou a jogar vôlei, e foi ele também quem procurou um lugar em que pudesse treinar vôlei de praia durante as férias em 2017. Encontrou o NCT Vôlei de Praia, onde conheceram Leo Santos, o Megatron, técnico de Felipe Alves até hoje.

“Cheguei na segunda-feira em Brasília, e na terça fui treinar, minha primeira experiência de treino no vôlei de praia. O Leo Santos olhou para mim e disse ‘Você tem potencial, mas tem que trabalhar muito. Você tem vontade de ser atleta de vôlei de praia?’ Eu respondi que gostaria de tentar, e ele disse ‘Já está errado, tem que querer’. Essa frase eu nunca esqueci. Voltei das férias, conversei com minha família, que me apoiou, e voltei para Brasília. Dia 13 de fevereiro de 2017, nunca vou esquecer essa data. Eu cheguei em Brasília por causa do vôlei, para treinar vôlei de praia”, contou Felipe.

Nesta semana, a temporada 2022 do Circuito Brasileiro de vôlei de praia chega a Brasília. A quarta etapa começa nesta quarta-feira, às 7h30, com o torneio qualifying do Aberto. Entre os mais de 100 atletas inscritos, a competição conta com medalhistas olímpicos (Bruno Schmidt – ouro nos Jogos Rio-2016 – e Bárbara Seixas – prata nos Jogos Rio-2016); campeões do Campeonato Mundial (Bárbara Seixas, Bruno Schmidt, Evandro e André Stein); e campeões do Circuito Mundial (Pedro Solberg, Talita, Taiana, Maria Elisa, Bárbara Seixas, Bruno Schmidt, Evandro, André Stein e Duda - atual campeã ao lado de Ágatha).

Felipe Alves entra na competição com motivos de sobra para estar empolgado. Além de jogar na cidade que escolheu para ser sua nova casa, ele e Felipe Cavazin conquistaram a medalha de bronze do Aberto na terceira etapa do Circuito Brasileiro, em Itapema (SC).

“Foi uma medalha que coroou cinco anos que estou morando em Brasília, cinco anos de trabalho. Um trabalho árduo não só meu, mas de toda equipe. Tem quase um ano que não vejo minha família, mas isso é coisa da vida de atleta, de quem quer conquistar algo. São muitas renúncias que a gente faz pelo esporte e pelo sonho de chegar no lugar mais alto. A etapa em Brasília vai ser uma felicidade enorme porque aqui é a minha segunda casa e vou poder estar perto do calor de todo mundo que está sempre torcendo pelo nosso trabalho, acompanhando nossas conquistas”.

No novo formato, o Circuito Brasileiro é dividido em duas competições por etapa. O Aberto reúne as duplas entre o 8º e o 13º lugar no ranking, além de dois convidados e até oito parcerias classificadas pelo qualifying. Já o Top 8 será disputado pelas sete duplas mais bem ranqueadas, além de um convidado especial: o campeão do Aberto anterior, que ganha o wild card como bônus pela performance – na etapa de Brasília, as duplas Pedro Solberg/Arthur Lanci e Taiana/Hegê ficaram com as vagas pelas medalhas de ouro conquistadas em Itapema (SC). Já os vencedores de cada etapa Top 8 recebem da CBV o custeio de passagem, hospedagem, transporte e alimentação para uma etapa do Circuito Mundial.

As finais do Aberto, no sábado, e as decisões do Top 8, no domingo, serão transmitidas pelos canais sportv, pelo Vôlei de Praia TV e pelo Facebook da CBV. A entrada na arena montada no Parque da Cidade é gratuita.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais